Home » » COISAS QUE ADORO: ATÉ QUE PONTO?

COISAS QUE ADORO: ATÉ QUE PONTO?


Tem coisa mais gostosa do que relembrar das coisas gostosas que a gente já fez?

Acho que não. Mas de qualquer forma, uma coisa é certa, a gente fica repensando: "O que nunca fiz? O que eu nunca faria? O que eu 'faria', mas nunca tive coragem? Será que aquilo que eu pensei que 'jamais faria' não é algo que, no fundo, eu gostaria de fazer?

Perguntas difíceis, né? Vamos refletir juntos? Ok!


Eu já fiz muitas coisas com a Penélope, e a gente jamais se decepcionou, nem por ousarmos, nem por fantasiarmos juntos. 



Já tive o prazer de oferecê-la pra outro homem, abrindo ela pra ele, e morride prazer com isso. Ela também sentiu muito prazer. E eu faria isso pra sempre, se ela quisesse.


 Já chupei Penélope enquanto um macho metia nela. Cheiro de pau diferente nela já não é mistério pra mim. E sim, eu ADORO isso.
 


 Gosto de estar ali pertinho da penetração, vendo um pau, de preferência grande, mergunlhando na minha mulher. Já babei ela todinha pra ficar melhor lubrificada para ele.



E enquanto o amante mete com mais força, também já me aconteceu de sentir as bolas dele batendo na minha cara enquanto ambos gozam. E acredite, não achei nada ruim! Afinal, minha mulher e o macho dela estavam sentido prazer, e isso me faz enormemente feliz!




Não é difícil acontecer acidentes. Tipo, as vezes, no afã de chupar sua gata com aquela rola grande dentro, o movimento do vai-e-vem, do bate-bate, do entra-e-sai, a lingua já percorreu acidentalmente percursos duvidosos, na disputa por chupar a vulva da minha amada enquanto outra rola entra. Não posso dizer que nunca lambi acidentalmente o pau do comedor dela. Mas não achei um problema, já que auxiliei, com isso, na lubificação da penetração, né?



 Já dei uma "ajeitadinha ou outra" pra auxiliar o macho na penetração na minha amada. Acho que estar ali, só curtindo, e não ser útil não faria sentido! O negócio é facilitar o prazer deles!
 


Já beijei, já chupei, já lambi a boca da minha mulher com pau do macho dentro, ou recém saindo. Inclusive gozando. E confesso, é delicioso. O gosto de pau na minha mulher é algo que não tem explicação. Disputar um espacinho dentro da boca da minha mulher, com a glande do pau do comedor dela, é uma delícia indescritível!

 Já estive bem pertinho quando o macho goza. Queria estar ainda mais. Nem sei dizer o quanto mais.



Na verdade, quando Penélope me coloca de quatro, e ela AMA fazer isso...

Costuma dizer que uma grande fantasia que tem, é a de o macho que está comendo ela, na hora de gozar, tire de dentro dela, e goze na minha bunda, para que ela possa me comer lubrificado do leite dele. Ou então, ainda mais ousadamente, estar me comendo enquanto ele come ela, pra ele gozar no meu rabo ainda "abertinho", pra ver o leite dele escorrer para dentro de mim... Isso me deixa louco, quando imagino.



E voltar a meter em mim, cheio de leite do macho dela. (eu acho isso deliciosamente humilhante!)

 Mas fico pensando... Ela diz que tenho uma bunda linda, maravilhosa, que queria ter uma bunda igual à minha. Será que o macho não pensaria algo parecido? E se ele... Sei lá, sentir tesão, e eu, ali, meio frágil pela posição, pelo tesão... Se ele resolve "botar" em mim, que estarei já librificado, alargado pelo consolo da Penélope, ele louco de tesão, resolve meter em mim?
 Não sei o que dizer. Se Penélope simplesmente não se opusesse, e demonstrasse um mínimo de vontade de que isso aconteça, acho que tudo o que eu poderia fazer, seria... Me perguntar o que sentir. Não sei se eu rejeitaria. Só posso dizer que sou xapaz de tudo pelo prazer da minha mulher. E do macho dela.














0 commentaires:

Enregistrer un commentaire

 
Support : Copyright © 2015. movie non stop - All Rights Reserved